quarta-feira, 23 de maio de 2018

ETAPA II - CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - PROGRAMA NACIONAL CAPACITASUAS


Atenção, Trabalhadores/as, Conselheiros/as e Gestores/as do SUAS de Mato Grosso.

No período de 18 a 22 de junho de 2018 será ofertado o Curso de Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social – Segunda Etapa, com carga horária de 40 horas/aula de duração e conteúdos previstos nesta
MATRIZ PEDAGÓGICA.

Para saber quais municípios poderão se inscrever para participar desta Segunda Etapa,
clique aqui.
 
A distribuição de vagas entre os municípios foi realizada de maneira uniforme, sendo que todos foram contemplados com 03 (três) vagas, distribuídas conforme o perfil dos participantes, devendo ser: 2 (duas) vagas para técnicos/trabalhadores do SUAS de nível superior, preferencialmente do quadro de profissionais efetivos, com conhecimento da política de Assistência Social, e estarem atuando na Gestão do SUAS e/ou no Provimento dos Serviços Socioassistenciais e/ou Gestor/a Municipal de Assistência Social e 01 (uma) vaga destinada ao Conselho Municipal de Assistência Social, conforme quadro abaixo:
 
 

Distribuição de Vagas

Perfil

Número de Vagas

Técnicos/as de Nível Superior que atuam na Gestão do SUAS e/ou  Provimento dos Serviços Socioassistenciais e/ou Gestor/a Municipal

 

2

Conselheiro/a (Titular) Municipal de Assistência Social

1

Sendo assim, cada Conselho Municipal de Assistência Social de Mato Grosso, deverá indicar 1 (um) conselheiro/a titular para participação no referido curso, podendo ser tanto representante governamental quanto não governamental.

Para a inscrição, certifique-se de que os participantes estejam cadastrados no CADSUAS, visto ser imprescindível para posterior lançamento no Sistema de Monitoramento Acadêmico – SIMA da Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação – SAGI/MDS.

Para acessar e preencher o formulário de inscrição
clique aqui.


Informamos e solicitamos que se cumpra o prazo de inscrição dos municípios participantes desta Segunda Etapa que se encerra em 05/06/2018, impreterivelmente.

Os cursos serão realizados em Cuiabá, no prédio da Faculdade Mato Grosso – UNIASSELVI, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, 374, Bairro Poção, em frente ao Colégio Master.

 
O deslocamento será de responsabilidade da gestão municipal de Assistência Social. 

Quanto à hospedagem informamos que a gestão municipal custeará a hospedagem de 01 (um) participante, e a SETAS custeará a hospedagem de 02 (dois) participantes, conforme pactuado em reunião da CIB-MT.

O MUNICÍPIO DEVERÁ INFORMAR NO ATO DA INSCRIÇÃO QUAIS PARTICIPANTES UTILIZARÃO A HOSPEDAGEM FORNECIDA PELA GESTÃO ESTADUAL, CONFORME FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

 
Lembrando que o cursista que receberá hospedagem da Gestão Estadual, terá direito a 5 (cinco) diárias, que correspondem aos dias de realização do referido curso, podendo ser de domingo (17/06/18) com check in a partir das 12h00min até sexta-feira (22/06/18) com check out até 12h00min, ou segunda-feira (18/06/2018) com check in a partir das 12h00min até sábado (23/06/2018) com check out até 12h00min.

Desse modo é importante informar CORRETAMENTE a data de chegada no ato da inscrição para evitar constrangimentos durante sua hospedagem. As despesas com frigobar (água, refrigerantes e outros) não serão custeadas pela Gestão Estadual, assim, haverá a necessidade de previsão de custeio por parte da Gestão Municipal.

 
Também no intuito de evitar possíveis substituições e cancelamentos de inscrições, pedimos, por gentileza, que a Gestão Municipal se reúna previamente com a equipe para a indicação e posterior inscrição dos participantes

 Aos que terão sua hospedagem custeada pela Gestão Municipal divulgamos algumas
Sugestões de Hotéis próximos ao local de realização do curso.

Clique para acessar e realizar download do OFÍCIO CIRCULAR Nº 022/2018 – GAB/SAAS – Para os/as Secretários/as Municipais de Assistência Social;

Clique aqui para acessar e realizar download do OFÍCIO CIRCULAR Nº 022/2018 – GAB/SAAS – Para os/as Presidentes dos Conselhos Municipais de Assistência Social

 
A programação será enviada aos e-mails informados no momento da inscrição quando da confirmação das mesmas.

Em caso de dúvidas, favor entrar em contato com esta Secretaria de Estado nos seguintes telefones e e-mail: (65) 3613-5721 / 5723 -
capacitasuasmt@setas.mt.gov.br 

 MÔNICA CAMOLEZI DOS SANTOS MELO
 Secretária de Estado de Trabalho e
 Assistência Social

 MARILÊ CORDEIRO FERREIRA
 Secretária Adjunta de Assistência Social
 

O Desgaste Mental de Assistentes Sociais nas Relações de Trabalho (AASP Brasil)

Boa tarde,
 
Divulgamos matéria da jornalista Ana Carolina Rios, sobre a palestra proferida pela Assistente Social e Professora Damares Pereira Vicente, pesquisadora sobre trabalho e profissão da PUC-SP, em encontro comemorativo em homenagem ao dia do assistente social, cujo tema tratou a respeito do desgaste mental de assistentes sociais nas relações de trabalho.
 
Vale a pena a leitura e reflexão.
 
_________________________________

 
O Desgaste Mental de Assistentes Sociais nas Relações de Trabalho
 
 
 
Quem é assistente social está acostumado a participar de seminários e debates nos quais a temática aborda quanto a exploração do trabalho no sistema capitalista afeta a saúde do trabalhador, especialmente o quanto o desgaste mental tem sido cada vez mais comum na contemporaneidade. É da natureza do Serviço Social a preocupação com a justiça social e os direitos dos trabalhadores. Mas, e o assistente social, como a exploração da sua força de trabalho se insere neste debate? E o desgaste mental do próprio profissional do Serviço Social?
 
Foi pensando nestas questões que a equipe da Vara Central de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de São Paulo escolheu o tema “Desgaste mental de assistentes sociais nas relações de trabalho” para o 5° Encontro Comemorativo em Homenagem ao Dia do Assistente Social, realizado no último dia 4, no Fórum Criminal da Barra Funda, na capital paulista. A escolha foi acertada: Mais de mil pessoas interessaram-se pelo evento.
 
Para falar sobre a questão foi convidada a assistente social e professora Damares Pereira Vicente. Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Trabalho e Profissão da PUC-SP e do Grupo de Estudos de Saúde Mental Relacionada ao Trabalho e Direitos Humanos do Instituto Sedes Sapientiae, Damares realizou a pesquisa qualitativa “O trabalho dos assistentes sociais na área de habitação de interesse social: entre o direito à moradia e os interesses do capital”, com assistentes sociais que trabalham na Secretaria Municipal de Habitação.
 
“São cada vez mais frequentes os relatos de assistentes sociais, em várias áreas sobre a relação entre condições de trabalho e sofrimento que resultam em licenças, transferências e afastamentos por violência, assédio organizacional, demissões em massa, intensificação do ritmo de trabalho, excesso de responsabilização e desqualificação do trabalho”, expôs. “O número de inscritos para esta palestra indica que este tema precisa ser tratado”, completou. Para a professora, o assistente social fala sobre as outras categorias, mas não fala da sua própria e isso é um sinal de que há alguma coisa errada.
 
A professora explicou que neste sistema de exploração capitalista o trabalhador está sempre em desvantagem, pois as condições de trabalho são sempre desfavoráveis. E neste ciclo “nós sofremos e fazemos sofrer e vamos embrutecendo, como forma de defesa contra o desgaste”, disse. Para ela, não se discute mais o trabalho e suas relações e as pessoas vão ficando cada vez mais isoladas.
 
E no Serviço Social não é diferente. A pesquisa constatou que o confronto cotidiano com a precariedade das condições de vida da população já é em si um sofrimento para os profissionais. Soma-se a isso a violência institucional e a falta de condições de trabalho. Existe uma divisão do trabalho e de prestígio na categoria entre os profissionais concursados estatutários, os concursados, mas contratados pelo regime da CLT, os terceirizados e até mesmo quarteirizados. Os trabalhadores de “primeira” categoria, considerados pelo senso comum como detentores de mais conhecimento, trabalham em condições menos precarizadas e os contratados pelas gerenciadoras são considerados de “segunda” categoria. A pesquisa também mostrou que o cotidiano é marcado por violações de direitos, humilhações e constrangimentos. Entre as dificuldades apontadas pelos profissionais estão: falta de local apropriado para refeições; desrespeito aos horários de alimentação; ausência ou inadequação de banheiros nos canteiros de obras; escassez de material básico, como telefones e computadores; a ausência de locais adequados para atendimento; apedrejamento dos locais de atendimento por moradores descontentes e o convívio com ações desencadeadas pelo tráfico de drogas.
 
Outro sintoma presente na pesquisa e que segue a tendência nas diversas relações de trabalho foi o relato de várias e persistentes situações de assédio moral. De acordo com seus estudos, faz parte da precarização do trabalho a subalternização do trabalhador alvejando persistentemente sua autoestima e autoconfiança a ponto de implantar dúvidas sobre sua competência e capacidade. Este mecanismo impede que o trabalhador se posicione e denuncie, além de impedir a articulação e solidariedade entre os profissionais.
 
 
Fonte: AASP Brasil
 

terça-feira, 24 de abril de 2018

PROGRAMA NACIONAL CAPACITASUAS - Curso de Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social

Atenção, Trabalhadores/as, Conselheiros/as e Gestores/as do SUAS de Mato Grosso.

No período de 21 a 25 de maio de 2018 será ofertada a Etapa I do Curso de Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social, com carga horária de 40 horas/aula de duração e conteúdos previstos nesta MATRIZ PEDAGÓGICA.

Devido ao quantitativo de vagas, informamos que o Curso de Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social será ofertado em duas etapas, sendo a Etapa I em 21 a 25 de maio de 2018 e Etapa II em 18 a 22 de junho de 2018. Portanto, clique e confira a etapa em que o seu município estará participando para não perder o prazo de inscrição.

A distribuição de vagas entre os municípios do Estado foi realizada de maneira uniforme, sendo que todos foram contemplados com 03 (três) vagas, distribuídas conforme o perfil dos participantes, devendo ser: 2 (duas) vagas para técnicos/trabalhadores do SUAS de nível superior, preferencialmente do quadro de profissionais efetivos, com conhecimento da política de Assistência Social, e estarem atuando na Gestão do SUAS e/ou no Provimento dos Serviços Socioassistenciais e/ou Gestor/a Municipal de Assistência Social e 01 (uma) vaga destinada ao Conselho Municipal de Assistência Social, conforme quadro abaixo:
  


Distribuição de Vagas

Perfil

Número de Vagas

Técnicos/as de Nível Superior que atuam na Gestão do SUAS e/ou  Provimento dos Serviços Socioassistenciais e/ou Gestor/a Municipal

 

2

Conselheiro/a (Titular) Municipal de Assistência Social

1
            
Sendo assim, cada Conselho Municipal de Assistência Social de Mato Grosso, deverá indicar 1 (um) conselheiro/a titular para participação no referido curso, podendo ser tanto representante governamental quanto não governamental.
 
Para a inscrição, certifique-se de que os participantes estejam cadastrados no CADSUAS, visto ser imprescindível para posterior lançamento no Sistema de Monitoramento Acadêmico – SIMA da Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação – SAGI/MDS.

Em relação ao formulário de inscrição este deverá ser preenchido via on-line CLICANDO AQUI.

Informamos que o prazo de inscrição dos municípios participantes da Etapa I encerra em 07/05/2018, impreterivelmente.

Os cursos do Programa Nacional CapacitaSUAS serão realizados em Cuiabá, no prédio da Faculdade Mato Grosso – UNIASSELVI, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, 374, Bairro Poção, em frente ao Colégio Master.

O deslocamento será de responsabilidade da gestão municipal de Assistência Social

Quanto à hospedagem informamos que a gestão municipal custeará a hospedagem de 01 (um) participante, e a SETAS custeará a hospedagem de 02 (dois) participantes, conforme pactuado em reunião da CIB-MT. Portanto, favor informar no ato da inscrição, caso seja você quem receberá a hospedagem a ser custeada pelo Estado.

Aos que terão sua hospedagem custeada pela Gestão Municipal divulgamos algumas Sugestões de Hotéis próximos ao local de realização do curso.

Clique aqui para acessar e realizar download do OFÍCIO CIRCULAR Nº 017/2018 – GAB/SAAS – Para os/as Secretários/as Municipais de Assistência Social;

Clique aqui para acessar e realizar download do OFÍCIO CIRCULAR Nº 018/2018 – GAB/SAAS – Para os/as Presidentes dos Conselhos Municipais de Assistência Social

Em breve divulgaremos a programação do referido curso.

Em caso de dúvidas, favor entrar em contato com esta Secretaria de Estado nos seguintes telefones e e-mail: (65) 3613-5721 / 5723 -
capacitasuasmt@setas.mt.gov.br



MÔNICA CAMOLEZI DOS SANTOS MELO
 Secretária de Estado de Trabalho e
 Assistência Social


MARILÊ CORDEIRO FERREIRA
 Secretária Adjunta de Assistência Social

quinta-feira, 19 de abril de 2018

CRONOGRAMA DO PROGRAMA CAPACITASUAS EM MATO GROSSO E DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR MUNICÍPIO

Boa tarde,
 
Divulgamos o cronograma da execução do Programa CapacitaSUAS em Mato Grosso, que teve seu reinício em abril e findará em outubro de 2018.
Atente-se para os cursos que serão realizados em duas etapas, para saber em qual delas o seu município poderá se inscrever. No mesmo arquivo você também encontrará a quantidade de hospedagem que será custeada pelo Estado e o público-alvo para cada curso.



PERÍODO

CURSO

 

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR MUNICÍPIO;
  NÚMERO DE HOSPEDAGENS;
PÚBLICO-ALVO
 
21 a 25 de maio
 
Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social
(1ª etapa)
 
18 a 22 de junho
Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social
(2ª etapa)
 
16 a 20 de julho
 
Introdução ao Exercício do Controle Social do SUAS
(2ª etapa)
 
13 a 17 de agosto
Atualização sobre Especificidades e Interfaces da Proteção Social Básica do SUAS
 (1ª etapa)
10 a 14 de setembro

Atualização sobre Especificidades e Interfaces da Proteção Social Básica do SUAS
  (2ª etapa)
 


15 a 19 de outubro
Atualização sobre a Organização e Oferta dos Serviços da Proteção Social Especial do SUAS


Em caso de dúvidas, favor entrar em contato através dos telefones: (65) 3613-5721/5723 e e-mailcapacitasuasmt@setas.mt.gov.br 


Equipe de Educação Permanente do SUAS
Secretaria Adjunta de Assistência Social
Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Divulgação dos materiais utilizados no Curso de Atualização em Vigilância Socioassistencial do SUAS (09 a 13 de abril de 2018)


Boa tarde,
 
A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social – SETAS, por meio da Secretaria Adjunta de Assistência Social, divulga um balanço do CapacitaSUAS referente ao Curso de Atualização em Vigilância Socioassistencial do SUAS, realizado no período de 09 a 13 de abril de 2018.

O Programa Nacional CapacitaSUAS é coordenado, em âmbito nacional, pelo Ministério do Desenvolvimento Social  (MDS), e, no Estado de Mato Grosso, pela SETAS.

Neste curso foram capacitados 149 (cento e quarenta e nove) trabalhadores/as do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) de 111 (cento e onze) municípios de Mato Grosso, conforme quadro abaixo:
 

TOTAL

Número de trabalhadores/as inscritos

164

Número de trabalhadores/as capacitados

149

Número de trabalhadores/as inscritos, que não compareceram

12

Número de trabalhadores/cursistas evadidos (não atingiu 75% de frequência)

3

Para o Curso de Atualização em Vigilância Socioassistencial do SUAS , foram formadas 04 (quatro) turmas, cada uma com cerca de 40 (quarenta) cursistas. O curso teve carga horária de 40 horas/aula de duração, distribuídas de acordo com os seguintes conteúdos: Módulo I – Concepção e Abordagens da Vigilância Socioassistencial (8 horas); Módulo II – Marco Normativo da Vigilância Socioassistencial (4 horas); Módulo III – Macroatividades da Vigilância Socioassistencial (28 horas).
 
  
 
 
 
 


Na oportunidade divulgamos, ainda, para download, o material utilizado durante o curso:

1) Apresentação da SETAS-MT: perfil dos participantes;
2) Slides do Curso: Atualização em Vigilância Socioassistencial do SUAS;

Agradecemos a participação de todos/as!!!
Até a próxima!!
 

Equipe de Educação Permanente do SUAS
Secretaria Adjunta de Assistência Social
Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social
 

terça-feira, 17 de abril de 2018

REUNIÃO DA COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE - CIB-MT

 
3ª REUNIÃO DA COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE - CIB/MT


Data: 24 de Abril de 2018
Local: Salão Nobre Clóves Vetoratto
Horário: 13h00 às 18h00

PAUTA:
  • Prorrogação de prazo da prestação de contas;
  • Utilização da Plataforma da SIGCON para lançamento das prestações de contas das Entidades Conveniadas;
  • Necessidade de Levantamento da Situação Indígena no PBF
 
INFORMES:
 
SAAS – Secretaria Adjunta de Assistência Social
  • Portaria MDS nº 1.324, de 27 de março de 2018 que dispõe sobre a prestação de apoio financeiro pelo MDS aos entes federativos que recebem o FPM;
  • FONSEAS/CIT.
SFSS – Superintendência da Família e Serviços
  • Nota técnica nº 01/2018– PSB/PSE/SFSS/SAAS/ SETAS  Orientações sobre horário do funcionamento das unidades socioassistenciais;
  • RMA – Registro Mensal de Atendimento;
  • Programa Acessuas Trabalho.
SIS – Superintendência de Inclusão Social
  • SISAN – Sistema de Segurança Alimentar Nutricional (Adesão);
  • Comissão Intergestores Regional – CIR;
  • Alteração das datas das turmas da Capacitação “Formulário do Cadastro Único”.
CEDCA
COEGEMAS
CEAS


Secretaria Executiva da CIB
Comissão Intergestores Bipartite - CIB/MT
Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social - SETAS/MT
Av. Transversal, s/n, Bloco A, Centro Politico Administrativo - Palácio Paiaguás
CEP: 78 050-970 - Cuiabá - MT
(65) 3613 - 5707